FANDOM


Deserto situado entre as cidades de Ĵevurá e Heséd, em Fajr-Regno. O Deserto de Ĵevurá é uma região de relevo muito irregular, com vários montes e cavernas.

Seu solo é seco e pedregoso, mas não totalmente estéril como os outros desertos de Fajr-Regno; tem uma vegetação esparsa formada de xerófitas e alguns montinhos de gramíneas que surgem em espaços irregulares. Outras plantas importantes da região são a márgara e o tubérculo do deserto.

Os kalakes não chegam até o Deserto de Ĵevurá (embora tem-se levado alguns deles para o Rio Águia para ver se eles começam migrar até esta região), mas o Aqueduto Reverso fornece um pouco de água para a região, criando até alguns oásis.

A região tem muitos répteis, morcegos e até alguns pequenos mamíferos na região menos seca (norte), que habitam as várias cavernas naturais.

Muitos grupos de nômades vivem peregrinando pela região, existem algumas pequenas construções que servem de torre de observação para milícias de Heséd; cabanas abandonadas ou que são usadas muito raramente podem ser encontradas; e até um pequeno vilarejo entre as cidades e próximo ao aqueduto reverso para parada para os viajantes.

A região norte é uma região conhecida pelos grandes lagartos, como o lagarto-demônio, dragão-de-comoto, lagarto-ŝét e sëmiks. À medida que o deserto avança para o norte, a paisagem vai se tornando caatinga, até atingir a fértil Planície Centáurica.

A região sul é mais seca e pedregosa e por estar mais próxima ao Desfiladeiro Selvagem é mais propícia de se achar bandos de Raças Selvagens. Existe uma grande preocupação de que estas raças selvagens cheguem ao norte por meio do Deserto de Ĵevurá.

Agora vamos aos boatos (já repararam como nenhum canto de Akaŝa está livre de boatos?):

Muitos grupos de nômades relatam que em varias noites puderam ouvir uivos parecidos com os de lobos, embora esta não seja uma região onde existam lobos e nem mesmo lupinos.

Acredita-se que alguns dragões verdadeiros habitem a região mais ao sul do deserto.

Mas o melhor boato sobre o deserto de Ĵevurá é que a sede da Escola Aazuranÿ (mais conhecida como "La Cour des Miracles") estaria escondida em algum lugar na região central ou sul deste deserto. Obviamente esta sede é muito bem guardada e não dá para se saber muito sobre a localização dela.