FANDOM


Coins
Até bem pouco tempo (mais precisamente: até o Ragnarök), não havia homogeneidade nos idiomas, sistemas monetários e políticos de Akaŝa. Tudo dependia da tribo em que você estava. Este sistema tribal ainda é marcante na maior parte do planeta, é ainda comum você encontrar povos do sul de um continente que não compreendam o idioma dos povos do norte.

Depois do Ragnarök, foi estipulado o Esperanto como idioma dos quatro continentes, e o Kon (Ж) como moeda comum.

Algumas moedas que ainda são comuns em Akaŝa:

KONEditar

O kon (Ж) foi criado depois do Ragnarök, para ser uma moeda comum. Outras moedas ainda são feitas e aceitas em diversos lugares, mas o kon é a única aceita nos quatro continentes.

O kon é feito de prata, tem 3 mm de espessura, seu peso é sempre o mesmo, embora sua forma possa variar de continente para continente.

Em Gaja o kon é redondo, com 3 cm de diâmetro, ele pode ser cunhado com o brasão do rei ou com as armas do duque de Nadias.

Em Akvlando o kon mais comum também é redondo com 3 cm de diâmetro, tem o brasão do continente na coroa e a efígie de Jara circulada pela frase "MAGNA JARA" na cara.

Porém as ilhas de Nag e Letis cunham um kon quadrado (sempre com o mesmo peso do kon padrão) com seus próprios brasões, a cara permanece a efígie de Jara.

Há no continente também um kon cunhado na Cidade Pentagonal, em forma de pentágono e com duas efígies de Jara; uma só de rosto, a segunda de corpo inteiro, sentada em um trono. Embora oficialmente ele tenha o mesmo valor dos demais kons, como ele é muito mais raro há colecionadores que pagam de 3Ж a 5Ж por um kon pentagonal.

Em Fajr-Regno o kon também é redondo, mas tem 3,5 cm de diâmetro, portanto tem mais prata, embora oficialmente o valor seja o mesmo. Obviamente este "oficialmente" nem sempre vale, e muitos comerciantes colocam preços diferentes em seus produtos se eles forem pagos com kons de Fajr-Regno.

Em Ajros o kon é hexagonal, maior que os kons padrões, porém com um furo no meio, que faz com que tenha o mesmo peso. Na coroa há apenas a frase "POR LA PACO" (Pela Paz) gravada em círculo, na cara há um leque (símbolo de Anĝelina) a esquerda e uma rosa a direita, em cima a palavra "HONORO" (Honra) e abaixo a palavra "SAĜO" (Sabedoria).

Além do kon de prata existe ainda o kon de bronze e o kon de ouro.

O kon de bronze é conhecido como ki-kon, e vale 1/4 do kon de prata, é representado por (K) e é maior que o kon de prata.

Gaja é o continente que cunha mais ki-kons. Em alguns lugares, quando as pessoas não têm kons de bronze, elas partem um kon de prata ao meio ou em quatro.

O kon de ouro tem o mesmo tamanho do kon de prata, mas é um pouco mais fino, 2 mm de espessura. Ele vale 25 kons e é representado por (ЖЖ).


METILENAEditar

Muitas transações comerciais, ao invés de usar moedas cunhadas, usam barras de prata ou de ouro puros. Destas as mais conhecidas são as usadas na ilha de Metilene.

As barras metilenas são cilíndricas, com 5 marcações isométricas que separa a barra em 6 cilindros menores, cada marcação tem também o brasão real e os símbolos de Metilene para garantir sua autenticidade.

Uma barra inteira feita de prata tem o valor de 30Ж ou 90Ж, de acordo com a sua espessura, portanto cada cilindro menor (caso ela for partida) vale 5Ж ou 15Ж.

Uma barra inteira feita de ouro tem o valor de 45ЖЖ, portanto cada cilindro menor (caso ela for partida) vale 7ЖЖ12Ж2K.

Outras barras, de espessuras e valores diferentes, podem ser encontradas em vários locais, mas são menos conhecidas que as metilenas, e o valor destas outras barras nem sempre são confiáveis.


YANSENEditar

Yansen é uma moeda tradicional de Ajros, mas devido seu valor, são bem aceita em quase todos os lugares. São feitas em platina, com valor aproximado de 12Ж, 30Ж e 2ЖЖ.

A coroa do Yansen de 12Ж tem o símbolo (§) e o nome da moeda em Yrdok (ÝÅZÆŞ) e o nome de Talula, onde é cunhada. A cara tem a efígie de Anĝelina com o rosto em perfil e suas asas. É do mesmo tamanho, porém mais fina que o kon.

A coroa do Yansen de 30Ж tem o símbolo (2§) e o nome da moeda em Yrdok (ÝÅZÆŞ) e o nome de Talula ou da Sagrada Montanha, dependendo de onde é cunhada. A cara tem a efígie de Anĝelina sentada em um trono.

A coroa do Yansen de 2ЖЖ tem o símbolo (3§) e o nome da moeda em Yrdok (ÝÅZÆŞ) e o nome da Sagrada Montanha, onde é cunhada. A cara tem a efígie de Anĝelina em pé, com as mãos em posição de quem abençoa.


IZETETAEditar

A izeteta é basicamente um kon normal, tem o mesmo tamanho, é feita de prata e tem o mesmo valor, só tem o nome diferente por ser a primeira moeda cunhada por uma escola, a Escola Izete. A outra moeda cunhada por uma escola dual é o kanton, cunhado pelo Yüksek Kan.

A izeteta tem duas coroas, em uma está estampada o emblema da Escola Izete (a Gota Dupla) em cobre (o cobre é usado só neste símbolo); na outra coroa há um tridente cruzado com uma espada (as armas de Jara e Piro), acima do emblema as palavras "MAGNA JARA" e abaixo as palavras "LAŬDATA PIRO" (Louvado Piro).


KANTONEditar

O kanton já era uma moeda cunhada pela nobreza de Akvlando, mas desde que a Escola Izete passou cunhar suas moedas (izeteta), o kanton passou ser moeda oficial da nobreza do Yüksek Kan.

Existem dois tipos de kanton, o primeiro é feito com prata e banhado com platina, tem o valor de 3Ж; o segundo tem um círculo central feito de ouro e uma borda de prata, e vale 10Ж.

Os kantons são cheios de linhas-guia, brasões bem detalhados e na borda de cada um, gravado em letras bem pequenas, está o nome da família do nobre de onde a moeda foi cunhada.


SUPREMAEditar

A moeda Suprema é uma das extravagâncias artísticas de Fajr-Regno. Ela tem 4cm de diâmetro e é formada por três círculos: o central de bronze, o do meio de prata e o último de ouro.

O valor bruto dos metais é de 1ЖЖ10Ж2K porém seu valor oficial é 3ЖЖ. Mas como é considerada uma obra-prima há que pague 4ЖЖ, 4ЖЖ10Ж e até 5ЖЖ por uma Suprema.


KARSTONEditar

O karston é a moeda mais diferente que pode ser encontrada em Akaŝa, a começar pelo metal de que é feita: ósmio.

Esta moeda foi criada para homenagear a mina de ósmio de Bagran, uma aldeia no sul de Gaja. Ela tem forma de um losango, 6cm de largura, 3cm de altura, dentro dele tem grafado o nome KARSTON (no alfabeto e dialeto Baĵi que era falado naquele local, karston significa "dureza" neste dialeto) e as linhas do brasão incompleto de Gaja. É a maior e mais pesada moeda que existe. Há boatos que pode até ser usada como arma improvisada.

Karston

moeda de Karston


O karston começou ser cunhado poucos anos antes do Ragnarök, naquela época o rei de Gaja garantia que apesar do metal do karston não ser valioso, ele seria trocado por 1Ж em toda Gaja. Hoje o karston não é aceito em quase lugar nenhum, mas em Gaj-Kor' ainda pode ser trocado por 3K e em alguns lugares de Nadias por 2K.

CLAVESEditar

Em Fajr-Regno existem várias moedas feitas "artesanalmente", estas moedas, chamadas de Claves ou moedas dos artistas, são mais robustas que o kon (algumas com 5mm de espessura), feitas normalmente em cobre ou bronze, mas também podem ser encontradas em prata, cromo-molibdênio, aço cirúrgico e em casos mais raros em ouro, titânio e até aço-16. Os valores mais comuns são de 1K, 2K ou 3K, as mais raras podem chegar a 10Ж ou 20Ж, algumas raríssimas (das guildas mais secretas) podem valer mais de 1ЖЖ.

As claves mais comuns têm formas de triângulo, quadrado, hexágono ou heptágono, a maioria possui símbolos e desenhos que representam guildas, confrarias, ordens, escolas ou outros tipos de filiações. Estes símbolos ajudam você saber para quem está trabalhando quando é pago em claves. Como as Claves são bem personalizadas, funcionam também como insígnias, cujo valor simbólico frequentemente vale mais que o valor real.

Num lugar como o Mercado das Almas você pode achar mais de 400 tipos diferentes de claves.


OLHO DA DANRAEditar

O Olho de Danra (referência à deusa ancestral Dandara) é a segunda moeda feita de metal não-nobre (a outra é o Karston), o Olho de Danra é feito com tungstênio.

Apesar de seu metal, ela pode ser trocada por 1Ж2K ou 2Ж em vários lugares de Fajr-Regno. Mas ela não é uma moeda muito comercial, e sim usada por magos vermelhos. Aliás muitos nem a consideram uma moeda, e sim um amuleto.

É uma moeda de duas caras, em ambas as faces tem o desenho de um olho com várias linhas-guia em volta. Os magos vermelhos costumam dar um ou dois Olhos de Danra para seus pupilos quando estes terminam o aprendizado que faziam com eles.

Dizem que um bom mago vermelho é capaz de derreter um Olho da Danra na mão usando apenas seus poderes, por isto às vezes encontramos pessoas com a figura do olho na ou nas palmas das mãos como se tivesse sido marcado a ferro, isto é indício de que, se ele não é um dragão vermelho, pode ser pelo menos um mago poderoso.

Alguns queimam magicamente o Olho de Danra também no meio na testa, é uma forma de tentar despertar o Terceiro Olho.