FANDOM


"O dinheiro leva ao poder, a magia leva ao poder, a força leva ao poder, o sexo leva ao poder, a inteligência leva ao poder. Mas nada destas coisas é o poder, o poder é maior. O poder é TUDO".

Orientação: Principalmente militar, mas também também é poderosa na magia, tendo magos muito perigosos.

História: Darklum é major e um dos seis grandes mestres do exército do rei de Gaja, portanto todos seus discípulos são soldados do rei e oficialmente não formam um grupo distinto.

Darklum é o mais temido dos seis grandes mestres, e gosta de treinar somente os melhores soldados, e destes, só a elite da elite tem o direito de se serem considerados discípulos de Darklum.

Apesar de serem todos soldados do rei, Darklum tem interesses maiores que o próprio rei, aliando-se também ao Duque de Nadias, a algumas tribos da Ilha dos Exilados (incluindo algumas demoníacas) e até alguns grupos em Akvlando. Sendo assim seus discípulos são mais leais a ele que ao rei ou mesmo Gaja.

Composição e influência: Os soldados que Darklum comanda são todos Humanos, mas ele também contam com "colaboradores" entre os Demônios. Em tempos passados, esta aproximação com os demônios seria dita como heresia em Gaja (muitos ainda são desta opinião), mas devido à guerra, as questões de honra se tornaram mais "flexíveis", e muitos fingem não ver muitas coisas que acontecem. Além do grupo de Darklum, acredita-se que o Duque de Nadias também está fazendo negócios com demônios.

Algumas outras raças como Centauros e Sereias podem eventualmente servir aos discípulos de Darklum como escravos, mas isto é pouco provável, pois Darklum tem pouca paciência com escravos. Ele também não admite nenhuma fêmea em seu grupo.

Embora esteja a serviço do rei, Darklum muitas vezes tem mais influência que o próprio rei de Gaja (alguns temem que Darklum possa um dia ajudar o duque derrotar o rei). Muitos dizem que Darklum é mais temido que a maioria dos demônios, e isto não deixa de ser verdade.

A influência de Darklum em Gaja é total, e ele também tem influência em boa parte de Akvlando e na Ilha dos Exilados.

A magia negra não é bem vista em Gaja, mas os magos do exército de Darklum são incitados a não temer o uso da magia negra, pois ela é poderosa. Embora a magia verde tenha boas magias de cura e defesa, Darklum exige que seus magos se foquem sempre nas magias ofensivas, seja da magia da terra ou negra.

Deuses: Oficialmente são devotos do deus Tamuz, mas podem adorar a Ades dependendo dos interesses pessoais, e na prática mesmo, a maioria dos discípulos de Darklum não dá a mínima importância para os deuses.

Estado atual: Como oficialmente não há separação dos soldados de Darklum e dos demais soldados do rei, os Discípulos de Darklum são um exército oculto dentro de outro exército. São treinados e controlados com mãos de ferro, o que garante a coesão do exército.

É difícil entrar nesta elite de guerreiros, e uma vez dentro você só sai morto. A disciplina é rígida, qualquer um que descumpra uma ordem de um superior é considerado traidor, e qualquer um que comente sobre os planos do grupo a qualquer pessoa que não seja do grupo também é considerado traidor, e a pena para traidores é sempre a morte.

Darklum nunca está satisfeito com o poder que tem (há quem o chame de o novo Ades ou novo Uza), e tem planos de dominação mundial. Porém sabe manipular as pessoas que estão no poder, que muitas vezes o vêem apenas como um bom estrategista. Entre os Seis Mestres do exército do rei, o único que às vezes se contrapõe aos planos de Darklum é o Mestre Alabahá.

Frases de MestresEditar

Darklum
Major Darklum
- Humano, 69 anos, Darklum está sempre de mau-humor, e as poucas vezes que sorri, é sempre um sorriso macabro.

Darklum chegou a major do exército do rei de Gaja e se tornou um dos seis grandes mestres do exército devido suas grandes habilidades.

É um soldado incomparável e também grande mestre da magia verde. Como superior é implacável, seus treinamentos são duros, sua disciplina é rígida. A maioria dos soldados rasos que tem o azar de ser designada para seu destacamento faz qualquer coisa para conseguir uma oportunidade de passar para o destacamento de outro dos grandes mestres, não são poucos os que fugiram ou preferiram o suicídio.

Ele sempre exige que seus soldados sejam os melhores, e odeia qualquer sinal de fraqueza.

  • Não tenho tempo para perdedores. Vocês, que fazem parte da elite do exército, enquanto estiverem comigo serão sempre bem recompensados, pois os fortes nasceram para serem servidos pelos fracos. Portanto continuem fazendo o que eu mando, pois tudo que digo, é para deixá-los mais fortes.
  • O dinheiro leva ao poder, a nobreza leva ao poder, a inteligência leva ao poder, a magia leva ao poder, até o sexo leva ao poder. Mas o dinheiro não é o poder, a nobreza não é o poder, a inteligência não é o poder, a magia não é o poder, o sexo não é o poder. O poder é tudo.
  • Então você acha que é impossível acertar aquele alvo daqui? Pois bem, aqui neste monte tem mil flechas, é o número de oportunidades para você me provar que está errado. Não vai comer ou beber nada até elas acabarem.
  • Permissão para o rei? EU sou o conselheiro do rei. Quantas vezes eu fiz alguma coisa que o rei não tivesse aprovado posteriormente? Eu tenho mais visão estratégica que todo o resto do exército.
  • Odeio novatos, eles são como mulheres. Também odeio mulheres, elas são como bandidos. Também odeio bandidos, eles são como vagabundos.


Deva
DEVA
- Humano, 40 anos, fala pouco.

Deva é o maior atirador de elite da elite de Darklum. E isto é tudo que você precisa saber sobre ele.

  • Como você é subalterno, se algum dos outros cinco mestres mandar fazer alguma coisa, faça. Mas lembre de nos comunicar tudo o mais rápido que puder, principalmente se o chato do Mestre Alabahá disser alguma coisa. Teoricamente somos todos do mesmo time, mas não esqueça de qual parte do time você pertence.
  • Há uma diferença entre mentira e estratégia. Faça de tudo para que nenhum inimigos descubra suas mentiras, ou tenha mentiras melhores para acobertar as que contou. Se você vencer, então tudo foi estratégia. E lembre-se: Darklum nunca mente, ele só monta estratégias.
  • De fato a magia é interessante, mas eu me interesso mais em armas e estratégias, então não me amole com assuntos de magia, religião, misticismo e outras m*.
  • Uma sopa se toma pelas beiradas. Um castelo também.
  • No fim, todos morrem. A função de um soldado é descobrir como fazer o inimigo morrer primeiro.


Haykan
HAYKAN - Humano, 47 anos, é tão exigente quanto Darklum, e alguns acham que é um pouco sádico, mas apesar disto, entre os líderes dos Discípulos de Darklum, é um dos mais sociáveis.

Representante dos Edanos do sul de Gaja, é um baixinho bom de briga e bem estourado, portanto melhor não irritá-lo.

  • Parece que vamos para uma área de guerra hoje, isto é bom. Estou mesmo querendo dar uns murros.
  • Os arqueiros podem até dar bons soldados, eu até aturo o Deva, quase sempre. Mas nada melhor que ter nas mãos uma arma pesada, como um machado ou um martelo, para sentir a masculinidade correr nas veias.
  • Antes de me chamar para fazer qualquer coisa, certifique-se que lá vai ter porrada ou vinho. Se eu estiver de bom humor, pode até me chamar para um lugar onde apenas tenha mulheres.
  • Quer perguntar alguma coisa? Mas o que está fazendo? Afiando armas? Certo, então podemos conversar enquanto as afia, mas preste atenção que eu adoro armas bem afiadas.
  • Darklum não quer saber quem é soldado do rei, soldado do duque ou soldado de si mesmo. Nós separamos soldados só em dois tipos: bons e fracos.


Vulto
ZAA - Raça desconhecida, idade desconhecida, aparência desconhecida.

Zaa não faz parte do exército, e só os melhores entre os discípulos sabe que ele existe. Mesmo entre os maiores soldados de Darklum, a maioria não conhece sua aparência, pois ele anda sempre com o corpo e rosto todos cobertos por um grosso manto com capuz e gosta de ficar sempre a sombra.

Alguns acreditam que seja um demônio, talvez até um dos Escamosos. Sua voz tem um timbre rouco que ajuda aumentar sua aparência sinistra. Sabe-se que faz vários tipos de espionagem, mas é difícil dizer em que lugares e por quais motivos. Sabe-se também que é um mestre na magia negra, e talvez esteja ensinando a arte para o próprio Darklum.

  • Você quer aprender a dominar a magia? Talvez eu possa lhe ensinar... Mas já vou lhe dizendo: gosto de disciplina e não terá duas oportunidades de me irritar.
  • Negociar é simples: tudo depende do que você quer e o que tem para oferecer em troca. O pior erro em uma negociação é não poder pagar o preço. Isto pode ser um erro mortal.
  • Não te interessa com o que e como eu fiz esta poção, apenas o que ela faz.
  • Boatos são armas excelentes para quem sabe usá-los. Mas este é um jogo que você só deve entrar se for bom nele ou se tiver alguém para jogar por você.
  • Dependendo do que você quer, ter uma boa fonte pode ser melhor do que ouro. Mas ouro é sempre bom.