FANDOM


Vai ter que me achar primeiro...

Perícia Difícil com alvo em Percepção quando usada para observar as pessoas ao redor, planejando as ações furtivas que realizará e Destreza para executar estas ações e é ligada às vocações Militar e Psico-Artística.

Para passar despercebido num local o personagem utiliza tanto disfarces (lembre que é preciso de ferramentes para isto como várias outras perícias: perucas, maquiagem, roupas...) como de sua destreza para não fazer barulhos ou gestos que chamem atenção.

O primeiro sentido que ele busca enganar é a visão: uma roupa de dupla face ou uma que se camufle à paisagem já são suficientes para enganar muitas pessoas, quando estas não estão muito atentas.

O segundo mais importante é a audição: tirar a armadura antes de realizar uma ação furtiva é básico, mas às vezes os jogadores e até o MJ esquecem disto. Um personagem furtivo tem que se mover rápido o bastante para não ser visto e lento o bastante para não ser ouvido. Nos mercados está sempre em busca de sapatos macios e luvas confortáveis.

Mas disfarces mais elaborados, como disfarçar-se de outro sexo, outra raça, outra condição socio-cultural, requerem mais do que aparência, mas uma imitação da linguagem, inclusive linguagem corporal. Se seu personagem é uma dama querendo se passar por um machão, não basta trocar o vestido por calças compridas e usar algo apertando as mamas, tem que dar aquele coçada no saco. Alguém realmente bom em disfarce é também bom mentiroso e pode enganar até outro personagem que tenta usar Psicologia contra seu personagem.

Tempo também é fator importante na perícia, planejar um disfarce funciona como gastar turnos fazendo mira em perícias de armas de longo alcance, alguns maquiadores podem modificar completamente a aparência de uma pessoa só com maquiagem, sem precisar de máscaras, perucas ou coisas postiças, mas precisam de alguns turnos para fazer um bom trabalho. (quem quiser conferir, procure no google sobre atrizes com e sem maquiagem e vejam o milagre)

A dificuldade obviamente varia de acordo com quantas pessoas há no ambiente e o quanto elas estão alerta. Se você corre pelas ruas de uma cidade tentando despistar três guardas, pode ser suficiente para despistá-los virar uma rua e trocar de roupa, só que há a possibilidade de um cagueta que não tinha nada haver com a história ver sua ação e dar o alarme.

A perícia serve também para ficar alerta a possíveis ações furtivas de outros personagens, afinal um trapaceiro sempre pode ser trapaceado por outro trapaceiro melhor.