FANDOM


Existem vários idiomas falados em Akaŝa, mas o idioma que foi criado para ser falado em todos os continentes é o Esperanto. Para quem nunca ouviu falar, não pensem que o Esperanto é uma língua criada só para jogar RPG.

O Esperanto é um idioma que foi criado aqui na Terra para facilitar a comunicação de todas as pessoas, e ele é falado hoje por milhões de pessoas nos cinco continentes, e tem crescido muito com a internet.

Seu idealizador foi Lázaro Luiz Zamenhof, ele queria criar um idioma que tivesse regras fáceis de serem aprendidas e totalmente regulares, para poder ser falado como segunda língua em todos os países.

Quem quiser conhecer melhor este belíssimo idioma, basta procurar em qualquer site de busca pela palavra "Esperanto" e comprovar a diversidade de páginas sobre o Esperanto.

PRONÚNCIAS NO ESPERANTO Editar


Uma das inúmeras vantagens do Esperanto, é que em seu alfabeto cada letra tem um único som e cada som é representado por uma única letra.

O “d” e o “t” tem som dental em ambos os idiomas, mas em português nós sibilamos estas letras quando eles vêm antes do “i”: “di” nós pronunciamos “dji” e “ti” nós pronunciamos “tchi”. Basta comparar o “bom DIa” com o “buenos DIas” do espanhol para ver a diferença no som. Em Esperanto o “di” e o “ti” deve ser pronunciado de forma dental, sem sibilar, como pronunciado no espanhol.

Como cada letra possui apenas um som, o Esperanto não possui dígrafos, pois nenhuma letra terá a som de outra.

O “g” nunca terá som de “j”, portanto não precisa de “u” antes de “e” e “i” para fazer os sons de “gue” e “gui”. Guilherme por exemplo, em Esperanto se escreve Giljerme, mas se pronuncia da mesma forma que no português.

Da mesma forma, “s” nunca terá som de “z”, portanto aparece sozinho entre vogais. Em português congresso precisa dobrar o “s”, em Esperanto escrevemos Kongreso com um único “s”, mas com a pronúncia igual ao português.

O “r” tem sempre o som do nosso “r” entre vogais, como em barato, vareta e morena, nunca como “r” inicial ou como “rr”, ainda que venha no começo de palavras. Assim, em Esperanto a palavra rapida (rápida ou rápido) não se pronuncia com o “ra” de rápida, mas com o “ra” de baralho.

Além das cinco vogais, em Esperanto há duas semi-vogais (o que também representa fim de dúvidas para saber se uma palavra é hiato ou ditongo).

O “j” tem som de um “i” breve, sempre unido a alguma vogal: juno (jovem) pronuncia iú-no. kajero (caderno) pronuncia kai-ê-ro.

O “ŭ” tem som de um “u” breve, sempre unido a alguma vogal: morgaŭ (amanhã) pronuncia môr-gau. ankaŭ (também) pronuncia ân-kau.

A letra “c” tem som de “ts”: generacio (geração) pronuncia gue-ne-ra-tsí-o.

A letra “ĉ” tem som de “tch”: ĉokolado (chocolate) pronuncia tcho-co-lá-do.

A letra “ĝ” tem som de “dj”: kuraĝa (corajoso, corajosa) pronuncia cu-rá-dja.

A letra “h” tem som de “rr” ou “r” inicial: halti (parar) pronuncia rál-ti.

A letra “ĥ” é um pouco mais complicada para nós lusófonos, ela tem um som gutural (formado no fundo da garganta) como “rrr”: eĥanta (ecoante, retumbante) pronuncia e-rrran-ta. É uma das letras menos usada em Esperanto, e em algumas palavras está sendo substituído pelo “k”: ĥemio, kemio (química). É muito usado em nomes de origem semita (árabe ou judaica): Zeĥarja (Zacarias) – Muĥamad (Mohamed). No sistema Akaŝa RPG é muito usado como nome de sereias.

A letra “ĵ” tem som de “j”: ĵaluza (ciumento, ciumenta) pronuncia ja-lu-za.

A letra “ŝ” tem som de “ch”: ŝako (xadrez) pronuncia cha-co.

PRONÚNCIAS DOS NOMES EM AKAŜA Editar


Uma das primeiras curiosidades para quem está vendo o idioma pela primeira vez é como se pronunciam algumas palavras usadas no sistema.

Quem tiver mais curiosidade sobre o idioma, e vale muito a pena pesquisar, dê uma olhada nas páginas abaixo. Vou colocar aqui exemplos de pronúncias dos principais nomes que usei no cenário:

La Torĉo se pronuncia La Tortcho, significa “A Tocha”.

Dolĉamar se pronuncia Doltchamar, significa “Mar Doce” e é também o nome de uma banda de rock/eletro esperantista, quem quiser conferir o som deles é só procurar em Dolĉamar no youtube

Fajr-Regno se pronuncia Fair (em uma única sílaba) Reg-no (como em de vareta, e não como em relógio), significa Reino do Fogo.

Akvlando se pronuncia como se escreve, akvo significa água, lando significa país, nação, portanto Akvlando é o País das Águas. Já Blualando é a Cidade Azul (ou Terra Azul)

Islandetaro: islando é ilha, islandaro é arquipélago, et é diminutivo, islandeto é ilhota, portanto islandetaro é um enorme arquipélago de ilhas pequenas.

Também há no sistema várias palavras que não tem nada com o Esperanto, mas que usei o alfabeto fonético dele para não deixar dúvida quando à pronúncia, a começar com a própria Akaŝa (pr. Akácha), que é uma palavra sânscrita que significa “conhecimento universal”.

Jara (Yara, Iara) e Gaja (Gaia) são palavras já conhecidíssimas da mitologia, só usei o “j” no lugar do “i” para usar o alfabeto fonético.

Axé vem do idioma ioruba ou yoruba e significa poder ou energia. Jaraŝé portanto é o Poder de Jara.

Ilê também é uma palavra ioruba, significa “casa”, muito usado para designar os terreiros de candomblé ou umbanda. Jarailê é, portanto, a Casa de Jara.

Ĵevurá, Heséd, Jesod e Netsá são nomes de sefirotes da cabala judaica, que representam respectivamente: julgamento, generosidade, ego e instinto.

Gaagua é uma palavra hebraica, que significa saudade, ela é pronunciada ga-a-gu-a e não ga-água, como leríamos em português. Em Esperanto escrevemos exatamente da forma que pronuncia no hebraico. Se fossemos falar água, no alfabeto fonético, deveríamos escrever ágŭa.

Em Esperanto as letras ĉ, ĝ, ĥ, ĵ e ŝ são consideradas LETRAS DIFERENTES de c, g, h,,j e s, e NÃO SÃO LETRAS ACENTUADAS. No Esperanto não existem acentos, toda sílaba tônica é sempre a penultima. Porém, em Akaŝa eu usei acentos em alguns nomes também para destacar a pronúncia, como em JARAILÊ e JARAŜÉ. Outras letras que não existem no Esperanto, mas que eventualmente aparecem no cenário são: Q, W, Y, X, Ë, Ä e Æ

PÁGINAS SOBRE O ESPERANTO Editar



CURSO DE ESPERANTO - Nesta página você pode baixar o curso de Esperanto em vários idiomas, tem um resumo sobre "O que é o Esperanto" e vários programas úteis, como o dicionário Esperanto-Português e o programa para fazer seu teclado aceitar as letras Ĉ,Ĝ,Ĥ,Ĵ e Ŝ

LIGA BRASILEIRA DE ESPERANTO - Maior entidade esperantista do Brasil, com informações gerais sobre o Esperanto e também sobre congressos e eventos esperantistas no Brasil. Aqui também podem ser comprados livros sobre e em Esperanto.

LERNU! - Página multi-língua para aprendizado de Esperanto.

ESPERANTO.NET - Outra página multi-língua com várias informações diferentes sobre o Esperanto.