FANDOM


Este lago artificial foi escavado na rocha, entre as cidades de Jod e Jezod. Ele tem 10 metros de profundidade e mais de um quilômetro de diâmetro, com três rampas que levam até o fundo.

Todo ano Piro convida alguns magos azuis de Akvlando para ajudarem encher o Grande Lago. A maioria dos magos aceita o convite espontaneamente, mas alguns outros vão de livre e espontânea pressão.

Uma das coisas que Piro aprendeu sobre a Prana, é que alguns magos podem converter mana de um tipo em outro, assim ele canaliza a mana do fogo de seu corpo para o corpo dos magos azuis, que em sinal de gratidão convertem parte desta mana em mana da água, fazendo com que o Grande Lago se encha.

Claro que isto é um ato voluntário, se um mago não desejar ajudar encher o lago ele pode ficar com toda a mana vermelha cedida por Piro sem convertê-la em mana azul; o único inconveniente para o egoísta é que neste caso o excesso de mana vermelha faria seu corpo queimar. Mas até hoje nenhum voluntário foi egoísta, e colaboraram voluntariamente com o convite.

O Grande Lago não tinha originalmente a função de ser um lago sagrado, apenas um lago normal, apesar de artificial, onde as pessoas poderiam achar água e até pescar (foram trazidas 27 espécies de peixe para o Grande Lago), enquanto iam de uma cidade a outra. Mas como Piro se mostra tão empenhado em cuidar do lago, ele se tornou uma atração religiosa.

Com isto uma comunidade vem crescendo às margens do lago, atraindo religiosos, viajantes e comerciantes; é uma comunidade pequena, com muito mais barracas que cabanas e muito mais barracas que casas, mas já está presente em todo o entorno do Grande Lago.