FANDOM


Violin-icon

- O violino é como a mulher: para ter uma bela música é preciso tocá-la com cuidado, carinho...

- Mas no fim o que interessa mesmo é meter a cara e passar a vara, não é?

A perícia permite que se toque um (ou mais) instrumento musical (dãããã). Perícia Difícil com alvo em Percepção e ligada às vocações Religiosa e Psico-Artística.

A perícia não precisa de especializações, a menos que o MJ seja extremamente detalhista. Tocar um instrumento musical serve para se divertir ou para divertir os outros. Nos momentos de jogo que tocar por pura diversão, não é preciso testes, apenas o nível da perícia, a não ser que o jogador queira fazer testes para tentar elevar a perícia acumulando sucessos.

Nem sempre é possível combinar a perícia Instrumento Musical com outra performática como Canto ou Dança, pois não dá para dançar tocando um piano, mas você pode melhorar a performance de outro personagem, seja PdJ ou PdM, e por isto artistas frequentemente andam em grupos.

Os níveis representam o quão bem o personagem sabe tocar e o seu repertório, além da capacidade de repetir uma música depois de ouví-la e a capacidade de florear e compor.

Com o nível Curioso o personagem já consegue achar as notas básicas no instrumento e ler uma partitura, porém sua leitura ainda é nota por nota e para tocar ele tem que primeiro estudar a partitura, depois decorar as notas, depois treinar, até o mínimo aceitável.

No nível Novato ele ainda precisa decorar, pois sua leitura ainda é fraca, embora não necessariamente nota-a-nota, e já consegue, depois de um pouco de treino, tocar uma melodia simples de forma agradável.

Em Praticante ele já consegue ler uma partitura sem problemas, e consegue tocar músicas com certa alma, mas ainda requer treino. O personagem consegue entreter o público com facilidade, mas nem sempre consegue emocioná-lo.

Em Profissional o personagem já consegue ler a partitura e tocar ao mesmo tempo, já consegue fazer arranjos para acompanhar outros músicos, consegue memorizar músicas com facilidade e a partir deste nível ele consegue emocionar quem o ouve com facilidade.

A partir de Especialista é praticante impossível ouvir sua música e não parar o que se estiver fazendo para admirá-la.

Um teste bem sucedido melhora Testes de Reação e/ou Sedução, apresentações de música sacra podem dar mods positivos contra personagens de Vocação Religiosa, enquanto marchas e músicas estimulantes podem dar mods positivos contra personagens com vocação Militar. Além disto, sendo Piro o deus da música, personagens que o tem como deus de principal devoção sempre tratam os músicos um pouco melhor.

A música acalma as feras, mas ela não serve apenas para acalmar, algumas podem ser estimulantes, outras nostálgicas, algumas até tristes e depressivas. A música pode, dependendo de como se toca, estimular qualquer emoção, portanto a perícia casa bem com a perícia de Psicologia, principalmente para tentar magias psicológicas.

Pode-se usar também junto da perícia Misticismo, com magias comuns, mas como nas perícias performáticas, aqui Instrumento Musical serve mais para motivar OUTROS personagens do que o próprio, assim você poderia, com uma boa música, estimular o mago ou o guerreiro do grupo, mas é pouco provável que convença aquele demônio do Quinto Círculo a não te matar só tocando para ele (quem sabe ele é devoto de Piro...). Mas além das magias, misticismo também diz respeito a práticas religiosas e espirituais, assim Instrumento Musical + Misticismo ajuda em meditações, orações, preparar ânimos para fazer um ritual...

Embora os níveis da perícia reflitam, em termos de conhecimento, mais num repertório variado, se o mestre for bonzinho, ela dá conhecimentos gerais sobre artes também. Mas mesmo que ele não for tão bonzinho assim, a perícia Poesia/Arte dá conhecimentos mais específicos, e as duas sempre podem ser combinadas para potencializarem-se mutuamente.