FANDOM


Crculo-das-ferramentas-em-placas-de-madeira-rsticas-48083041

- Sério que você precisa de um livro para serrar os pés de uma mesa?

- Não vou serrá-los, vou por o livro apoiando o pé mais curto.

A perícia indica que o personagem tem habilidade relativamente boa usar ferramentas e fazer/consertar objetos simples. Perícia fácil com alvo em Destreza e ligada às vocações Religiosa, Lógica e Psico-Artística.

Costurar uma roupa, afiar uma faca, construir uma escada, trocar a roda de uma carroça ou até construir uma casa, todo trabalho relativamente simples que não precise de acabamentos muito detalhados ou muito tempo pode ser feito com Trabalhos Manuais.

O que separa a perícia da perícia Artífice é o grau de dificuldade e tempo do objeto que se quer fazer ou consertar. De forma geral Trabalhos Manuais é algo mais amador, trabalha com objetos mais simples e rústicos, o que não quer dizer que não faça produtos de qualidade. Já Artífice trabalha com objetos mais detalhados, como joias, esculturas, marcenaria de luxo, armas e armaduras que exigem conhecimento de Linhas-Guia ou objetos de grande complexidade que exigem muito tempo, como a fabricação de um navio ou um balão.

Il 570xN.877796385 k61s
Como em outras perícias, os níveis mais autos de Trabalhos Manuais correspondem aos níveis básicos de Artífice, e alguém com Trabalhos Manuais que tenha tempo e ferramentas boas pode fazer algo tão bom quanto um artífice que trabalhe sem tempo ou com material não tão bom.

Além do acabamento melhor, os níveis representam a capacidade do personagem se virar com o material que tem, o tempo gasto para a tarefa e a eficiência do produto final.

Quando um personagem sem a perícia tenta consertar algo, corre o risco de estragar ainda mais o objeto e ainda perder o material e até as ferramentas usadas.

A partir do nível Curioso o personagem é capaz de fazer consertos básicos, como costurar uma camisa ou manter armas limpas e afiadas, mas não tem habilidade para criar um objeto.

A partir do nível Novato já é possível construir objetos rústicos, tipo, serve para ser costureira, mas não alfaiate.

A partir do nível Praticante o risco de se perder o material, estragar as ferramentas ou o objeto são pequenas, os acabamentos e a conservação também ficam melhores. Já dá para ser alfaiate ou marceneiro, ferreiro...

A partir do nível Profissional o personagem já pode viver com seus trabalhos manuais. Seus produtos são de boa qualidade e com um pouco de tempo ele consegue até fazer uma peça de luxo mesmo com material de segunda. Além disto trabalha em objetos mais complexos como armaduras de couro e alta marcenaria

No nível Especialista ele consegue improvisar até as ferramentas usadas, trabalhar com objetos mágicos, armaduras básicas de metal e até grandes obras (como construir um navio) desde que já tenha em mãos tudo que precisa, por exemplo: a madeira para se construir um navio pode demorar meses e até anos para ser preparada, mas se ele já tiver esta madeira preparada pode fazer a empreitada.